RAZÃO SOCIAL

Zagaia Marketing Inteligente

SERVIÇOS

Planejamento Estratégico e Gestão Estratégica

CONTATO

Av. Augusto de Lima, 407 / 1610 | CEP 30190-912 | Centro | Belo Horizonte/MG

Phone: 31 3017.6717

Web: http://zagaiadigital.com.br

O que é um site responsivo? E por que o site da sua empresa deve ser responsivo?

O que é um site responsivo? E por que o site da sua empresa deve ser responsivo?

Os tempos mudaram e a forma como as pessoas se conectam também. Em um mundo onde as pessoas estão cada vez mais conectadas à internet através de múltiplos dispositivos é fundamental para as empresas garantir ao usuário a melhor experiência em cada plataforma.


O que é um site responsivo?

Faça uma experiência. Se você está em um desktop ou notebook, tente aumentar ou diminuir muito a janela deste blog. Reparou como o conteúdo se reorganizou de acordo com o tamanho do janela do navegador? Em um tamanho pequeno, as imagens e o texto diminuíram proporcionalmente. Para aproveitar melhor o espaço, o menu superior foi transformado em um menu suspenso, permitindo expandir e recolher . Já em uma janela maior, o layout ganhou uma barra lateral onde você pode acessar outros conteúdos do blog. Se você acessar esse blog de um celular ou tablet vai notar outras adaptações. Tudo pensando em melhorar a sua experiência de navegação. Isto é design responsivo.

Por que usar?

Nos tempos atuais, além dos desktops e notebooks, é possível acessar a internet através de smartphones, tablets, televisores, relógios e vários outros gadgets. Já existem até mesmo geladeiras que possuem internet para algumas finalidades, como buscar receitas ou ler as últimas notícias, por exemplo.

E as pessoas estão cada vez mais utilizando múltiplos dispositivos para se conectar à internet, especialmente os dispositivos mobile, como mostra o estudo mais recente feito pela comScore sobre o cenário digital no Brasil.

Abaixo seguem alguns dados deste estudo, com alguns insights que podem justificar a adoção de um design responsivo para o website do seu negócio.


O uso de dispositivos móveis no Brasil

USUÁRIOS EXCLUSIVAMENTE MÓVEIS ESTÃO CRESCENDO RAPIDAMENTE

O número de usuários que acessam conteúdos digitais exclusivamente através de dispositivos móveis, como Smartphones e Tablets, continua crescendo.

grafico crescimento mobile

+ de 38 milhões de usuários

DESEMPENHANDO UMA VASTA GAMA DE FUNÇÕES

Ao adicionarem maior alcance em diferentes categorias cruciais no Brasil, os dispositivos móveis correspondem a uma parcela crescente do comportamento digital do brasileiro.

Em algumas categorias, os smartphones e tablets já são responsáveis pela maior porcentagem do total de acessos. Em outras, os dispositivos móveis são responsáveis por uma porcentagem de visitantes únicos, representando uma imensa oportunidade para compradores e vendedores.

O uso de Múltiplas Plataformas no BrasilMultiplas plataformas

ALCANÇANDO A MAIORIA

Muitos países possuem uma “maioria multiplataforma” com mais de 50% da população online acessando, mensalmente, o conteúdo digital através do desktop e de dispositivos móveis. O Brasil está quase se juntando a esses países.

OFERECENDO TEMPO DIGITAL ADICIONAL

A partir de uma visão holística, o tempo gasto em mobile já é maior do que em desktop.

uso mobile - apps vs browser

Quase 90% do tempo digital em celulares e smartphones é gasto nos navegadores.


Atualização do algoritmo de buscas do Google prioriza sites adaptados para dispositivos móveis

google-mobilegeddon-600x377

Desde 21 de abril de 2015, se você possui um site que não conta com uma versão adaptada pra dispositivos móveis, que está cheio de elementos em Flash, que não permite uma melhor visualização do texto sem zoom e não posiciona seus links de forma amigável para ser aberto em smartphones e tablets vai perder sim visitantes. Os sites não adaptados são penalizados pelo Google e ficam para trás nos resultados de pesquisa. Esta nova abordagem do Google ficou conhecida mundialmente como Mobilegeddon, em referência aos estragos que pode causar, pois uma redução no número de acessos ao seu site pode acarretar, entre outros fatores, inúmeras perdas em vendas.mobile-serp-snippet

As etiquetas que identificam os sites adaptados passam a ser utilizadas como uma ferramenta de ranking pelo Google. Claro, nada muda para quem realiza buscas no desktop, mas considerando o cenário atual e o crescimento do mercado de dispositivos móveis é fato que o estrago será gigantesco.

Para te ajudar, o Google disponibilizou uma ferramenta que permite a você conferir se o seu site é compatível. Acesse aqui o Teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google.


Conclusão

Ok, agora eu sei que um site responsivo possui um layout que se adapta em qualquer tamanho e formato de tela no intuito de melhorar a experiência de navegação dos usuários.

Entendi que os brasileiros estão navegando muito na internet e em diferentes dispositivos, com variados tamanhos e formatos de tela.

Também aprendi que quando um usuário faz uma pesquisa em um dispositivo móvel o Google prioriza nos resultados de busca, além de outros fatores, as páginas adaptadas para dispositivos móveis, reduzindo o número de visitantes nos sites não adaptados, o que pode acarretar em inúmeras perdas para um negócio.

Mas meu site não é responsivo, e agora?

Calma, nem tudo está perdido. Entender como e por que os usuários utilizam mídias específicas em plataformas específicas fornece um insight crucial para comerciantes e proprietários de conteúdos que buscam desenvolver as audiências.

Por isso a importância de um planejamento estratégico para que se possa alcançar os objetivos e criar uma vantagem competitiva e sustentável.

Se você deseja que o seu negócio seja encontrado, que os consumidores continuem visitando o seu site, aumentando a confiança na sua marca e gerando mais vendas, tire suas dúvidas com um especialista da Zagaia. Ficaremos felizes em ajudar o seu negócio a crescer através do Marketing Digital.


Deseja saber mais detalhes técnicos sobre design responsivo? Veja este post no blog da Canopus.

By | 2017-03-06T18:08:14+00:00 08 julho|Categorias: Comportamento do Consumidor, web|Tags: , , |0 Comentário

Sobre o autor:

Deixe seu comentário